O que é Osciloscópio e Porque Usar na Oficina?

O osciloscópio é um instrumento que permite a visualização de sinais elétricos em forma gráfica. Em outras palavras, temos uma imagem de duas linhas, na qual o eixo x representa o tempo e o eixo y representa a amplitude em volts. Esta imagem é chamada de forma de onda e cada elemento ou sistema tem uma forma de onda característica. O diagnóstico consiste em conhecer o comportamento típico de um componente em bom estado e identificar quaisquer anomalias no componente ou sistema em exame por meio de estudos comparativos. Os sinais são obtidos por meio de canais, e um osciloscópio pode ter entre 2 e 8 canais. Quanto maior o número de canais, mais sinais podem ser adquiridos em paralelo, o que naturalmente aumenta a produtividade da equipe. Além da verificação dos componentes elétricos, os osciloscópios também podem ser usados para detectar problemas mecânicos.

Um osciloscópio pode tornar o diagnóstico mais robusto e adaptável e lucrativo para oficina

Como a maioria dos produtos de consumo, a tecnologia utilizada nos automóveis cresceu exponencialmente nas últimas décadas. Passamos de modelos com pouca ou nenhuma eletrônica no carro para carros com vários sistemas eletrônicos conectados por redes de comunicação.

No passado, a eletrônica nos carros se limitava à ignição e sinalização. Após a introdução dos primeiros modelos com injeção eletrônica no Brasil, no final dos anos 80, a eletrônica nunca desapareceu dos carros. Os carburadores foram substituídos por injeção eletrônica, os freios foram controlados eletronicamente por ABS, sistemas de estabilidade como airbags e sistemas de controle de segurança foram adicionados, e a lista pôde continuar. Hoje, cada carro tem dezenas de módulos de microprocessadores que gerenciam os sistemas de controle eletrônico. Em resumo, a maioria das funções do carro se tornaram elétricas.

Todas estas mudanças representaram um grande desafio para os profissionais de reparação de automóveis. Os sistemas têm se tornado cada vez mais complexos, tornando o diagnóstico mais difícil e mais lento. Enquanto no passado era suficiente que um reparador estivesse familiarizado com sistemas mecânicos, hoje esses profissionais são bombardeados todos os dias com inovações técnicas.

Para apoiar esta evolução, novas ferramentas foram integradas ao setor para permitir um diagnóstico rápido e preciso dos sistemas mecânicos e eletrônicos. Uma dessas ferramentas é, sem dúvida, o osciloscópio.

Esta ferramenta é tão versátil que pode ser utilizada por profissionais qualificados para acelerar o diagnóstico e reduzir os custos da oficina. Você está familiarizado com o ditado ‘tempo é dinheiro’? Este adágio nunca foi mais verdadeiro do que hoje. Sem mencionar a precisão do diagnóstico. Ao substituir as peças certas, evitam-se perdas tanto para a loja quanto para o comprador.

Leia Também:

Como funciona uma mina de diamantes?

A Serra Pelada: história da maior mina de ouro do mundo

A importância do uso de um osciloscópio

Saber como colocar as peças corretamente é tão importante quanto saber quais peças colocar, para que os problemas possam ser resolvidos de forma dinâmica e imediata. Esta habilidade não só reduz o tempo de serviço, mas também aumenta a confiança do cliente, tornando os profissionais mais procurados no mercado de reparos.

O uso de scanners e multímetros é indispensável e alguns profissionais já se acostumaram a eles. Entretanto, dependendo do problema, estas ferramentas podem não ser suficientes para fazer um diagnóstico claro. Existem várias unidades no mercado que ajudam os mecânicos a fazer um diagnóstico correto, mas o osciloscópio automotivo têm a vantagem de capturar imagens com a possibilidade de estudos de acompanhamento. Alguns dispositivos registram tempo, permitindo que defeitos intermitentes sejam examinadas.

Outra vantagem é que os avanços recentes e o uso de sensores tornam possível diagnosticar problemas mecânicos que no passado exigiam a desmontagem de componentes a serem avaliados. Por exemplo, juntas de cabeça, sedes de válvulas, desgaste do eixo de comando, anéis, etc., podem ser diagnosticados simplesmente realizando um procedimento de diagnóstico e visualizando a imagem do osciloscópio. Em outras palavras: você pode diagnosticar sem afrouxar os parafusos.

Por que se especializar?

É óbvio que um osciloscópio não pode resolver todos os problemas. A mecânica deve ter um conhecimento profundo de como funcionam os sistemas dos veículos. Além disso, os auxílios são apenas uma ferramenta entre muitas. Por exemplo, em um veículo novo, um mau funcionamento do sistema de ventilação pode não ter nada a ver com o próprio sistema, mas pode ser um mau funcionamento da injeção eletrônica de combustível, do sistema de freio ou de outros sistemas possivelmente conectados.

Você quer se especializar e desenvolver no reparo de veículos motorizados, e faturar mais? Na Escola do Mecânico oferecemos cursos que focam a prática diária na oficina, com ênfase no diagnóstico, e que o ajudarão a atingir seus objetivos.

Leave a Reply

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Para garantir a sua segurança este sites faz uso de cookies